Revisão do Plano Diretor de Aracaju avança com audiências para ouvir população

INFORME PUBLICITÁRIO 1.

Traçar diretrizes, garantindo o crescimento econômico e o desenvolvimento sustentável para toda a cidade, esse é o objetivo principal do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) de Aracaju, que está sendo revisado para estabelecer novas propostas e projetos para o futuro da capital

Nesta fase, o projeto está sendo apresentado pela equipe da Prefeitura de Aracaju aos aracajuanos, em audiências públicas presenciais e transmitidas na internet, para que a população apresente sugestões e críticas. As proposições serão avaliadas pelos técnicos e aquelas que forem viáveis serão incorporadas ao Plano Diretor e passarão a fazer parte da minuta que servirá de guia para as ações das políticas públicas da capital.

O secretário da Infraestrutura e presidente da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), Sérgio Ferrari, destaca que o Plano Diretor é pensado para atender a cidade como um todo. “Assim como o Planejamento Estratégico, as ações do Plano Diretor somam esforços para levar benefícios a todos, da zona Norte à zona Sul, do Centro aos novos bairros da antiga Zona de Expansão”, enfatiza.

Segundo Ferrari, a revisão do Plano Diretor será fundamental para que essas ações sejam permanentes. “É uma iniciativa que estabelece diretrizes para políticas públicas na capital, independente de quem esteja à frente da gestão. Assim, ganha a administração pública e os aracajuanos. Por isso o empenho para apresentar as melhores propostas, pois é um legado que ficará para Aracaju”, enfatiza Ferrari.

Ao todo, serão realizadas oito audiências, reunindo moradores de todas as regiões da capital. Já foram realizados os encontros no Santos Dumont, no dia 21 de setembro; no Santo Antônio no dia 23; no Bairro América, no dia 28; no Ponto Novo, no dia 30; e no bairro Atalaia, no último dia 5.

Ainda em outubro, serão realizados mais três audiências públicas: nesta quinta-feira, dia 7, será no bairro Bugio, na Emef Manoel Bonfim; no dia 13, no São José, no Colégio Estadual Atheneu Sergipense. O cronograma se encerrará no dia 14, no bairro Areia Branca, na Emef Professor Florentino Meneses.
Andamento da proposta

Após ser interrompida pela gestão anterior, a revisão do Plano Diretor de Aracaju foi retomada em 2018, como uma das prioridades do Município, e está sob a coordenação da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra).

O trabalho passou por etapas complexas de estudos, discussões, relatórios e visitas técnicas até chegar à atual versão, que está na fase de consulta pública. Após encerramento das audiências, a Seinfra sistematizará as contribuições e fará um debate interno com o corpo técnico para saber quais sugestões são viáveis de serem agregadas ao documento.

Concluída essa etapa, o Plano Diretor terá a minuta finalizada, e será apresentado ao Conselho de Desenvolvimento Urbano e Ambiental do Município de Aracaju (Condurb) e enviado à Câmara Municipal de Aracaju para apreciação dos parlamentares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *