Georgeo: “CPI Covid em Sergipe não está morta”

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) esteve na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, para acompanhar os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid que foi instalada ainda no início do mês de agosto no Estado e que investiga 12 contratos de compra firmados pelo Governo referentes ao enfrentamento à pandemia da Covid-19. Entre eles, está o escândalo da compra dos respiradores feita pelo Rio Grande do Norte via Consórcio do Nordeste.

De acordo com Georgeo Passos, a visita faz parte de um conjunto de ações pensadas para a instalação da CPI Covid em Sergipe. “As negociações junto aos colegas para conseguirmos a última assinatura que falta para instalar a CPI, nunca pararam, afinal muitas operações precisam ser esclarecidas, assim como a compra dos respiradores via Consórcio do Nordeste. Sergipe não pode ficar sem essa fiscalização e acompanhar o andamento da CPI Covid na Assembleia do Rio Grande do Norte foi importante para aumentarmos o leque de ações”.

“A Assembleia do Rio Grande do Norte foi a única do Nordeste que conseguiu formalizar essa comissão e hoje percebemos que foi uma iniciativa acertada aonde vimos o trabalho dos colegas deste estado, inicialmente na busca de informações para fazer com que as pessoas que cometeram algo ilícito, possam ser punidas. Esperamos também que os deputados de Sergipe que ainda não assinaram o nosso requerimento possam refletir e que a gente possa fazer uma investigação envolvendo os recursos que o Governo utilizou na pandemia”.

Para Georgeo, este é o momento exato para a instalação da CPI em Sergipe. “Estamos no momento certo para instalarmos a CPI. Com um menor número de contaminados pelo Coranavírus em nosso Estado, nada mais necessário que termos uma CPI para fazer essa análise de como o recurso público foi usado durante a pandemia. Precisamos de investigação rigorosa contra o Consórcio do Nordeste nos deu um prejuízo milionário e que até hoje não vimos nem respiradores e nem tampouco uma pessoa punida”.

O presidente da CPI Covid no Rio Grande do Nordeste, deputado Kelps Lima, disse que ‘A CPI trouxe um novo valor para a Assembleia, que passou a ser vista como um Poder independente e que fiscaliza’. Já o deputado estadual Davi Maia, de Alagoas, afirmou que ‘é muito importante a participação de deputados de outros estados na CPI da Assembleia do Rio Grande do Norte, porque o resultado desta CPI vai irradiar os nove estados do Nordeste que foram prejudicados pela compra irregular dos respiradores via Consórcio do Nordeste’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *