Polícia Civil cumpre mandado de prisão por cyberstalking e indução ao suícidio

Equipe da Delegacia de Atendimento à Criança e Adolescente Vítima (Deacav), com o apoio da Polícia Civil do Paraná, deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva contra um homem de 19 anos. Ele é investigado pela prática de cyberstalking, indução ou instigação ao suicídio e descumprimento de medida protetiva. A prisão ocorreu nessa terça-feira (21), no Paraná.

De acordo com os delegados Ronaldo Marinho e Josefa Valéria, os crimes foram praticados contra uma jovem de 16 anos. O processo segue em segredo de justiça.

Segundo as investigações, o autor e a adolescente mantiveram um relacionamento pela internet, durante alguns meses. Após isso, resolveram se encontrar pessoalmente, tendo ele vindo passar uma semana em Aracaju.

Após o término do relacionamento, de posse de “nudes” da vítima, o investigado passou a constrangê-la sob ameaça de divulgar suas fotos. Como se não bastasse, ele também instigava a adolescente a se suicidar, caso não cedesse às chantagens dele.

Como decorrência da pressão psicológica imposta por ele, a vítima tentou cometer suicídio, sendo socorrida em tempo por seus genitores. O investigado atualmente encontra-se preso no Estado do Paraná, à disposição da Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *