O aval de Lula

Coluna Rita Oliveira 21 de julho

 

Na entrevista que concedeu na manhã desta terça-feira (20), na Jovem Pan, o ex-presidente Lula deixou claro que o senador Rogério Carvalho (PT) será candidato a governador em 2022.

De forma sutil, Lula disse que Rogério vai disputar o governo de qualquer forma, tendo ou não o apoio do agrupamento político do governador Belivaldo Chagas (PSD).   Sem citar o nome de Belivaldo, o petista declarou que não se pode ser apoiado por gregos e troianos, que o senador tem liberdade para tomar decisões e que respeitará as decisões dos adversários do PT.

Revelou que Rogério é preparado, vem construindo uma vida política para ser candidato a governador só precisando construir um leque de alianças para fortalecimento da sua candidatura.

Declarou que não terá problema algum se não tiver dois palanques em Sergipe na disputa pela presidência da República em 2022, que seria o de Rogério e do governador. “Se não tiver dois palanques terei o do PT. Espero, como está longe as eleições, conversar com muita gente de Sergipe e construir uma aliança mais forte. Depois de ganhar precisarei de parceria no Brasil”, afirmou.

Sobre a reforma política, o líder petista disse que não conseguiu fazer no seu governo “porque a classe política não quer”. “Não é o presidente quem faz a reforma política, mas os políticos que preferem se reunir em um final de semana e criar partidos. O ideal seria o país ter de dois a três partidos e não 35, que dificulta acordos”.

Com relação a terceira via, Lula declarou que é invenção de partido que não quer ter candidato. “As pessoas, sem chances, começam a criar a história da terceira via. É importante que cada partido lance um candidato a presidente para testar sua força e colocar nas mãos do povo o destino do país. O povo escolherá um ou dois, que irão para o segundo turno”.

Com relação ao semipresidencialismo defendido pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), Lula disse que é um “golpe” para evitar que ele e seus aliados possam ganhar as eleições.

Também criticou o Distritão, dizendo que é apenas para os parlamentares se perpetuarem no poder.

Com relação ao voto impresso, declarou que é voltar a época do dinossauro. Enfatizou que o presidente Bolsonaro deveria se preocupar como vai fazer para gerar emprego e comida na mesa. “Fica arrumando argumentos chulos do voto impresso, que é uma justificativa de quem não tem o que falar. É preciso ter responsabilidade no tratamento social. Quem vai derrotar você [Bolsonaro] e passar a faixa é o povo”, alfinetou.

…………………………………..

Agradecimento

O senador Rogério Carvalho (PT), que acompanhou a entrevista de Lula no estúdio da Jovem Pan, agradece ao ex-presidente pelas palavras. “Seguimos firmes com nosso trabalho por Sergipe e pelo Brasil”, afirmou.

 

Ponto de vista

Do senador Alessandro Vieira (Cidadania): “Os ataques de Lula e Bolsonaro à terceira via só reforça a necessidade de construir uma, mas ela deve partir não de projetos personalistas, mas sim da identificação de pautas que não são representadas por nenhum dos dois. O Brasil precisa urgentemente de um projeto de país”.

Podemos 1

Foi bem concorrido o ato de filiação da delegada Danielle Garcia ao Podemos, nesta terça-feira (20).  Entre os presentes a presidente nacional do partido, deputada federal Renata Abreu; o coordenador regional Adriano Stefanni; a presidente nacional do Podemos Mulher, Márcia Pinheiro; o senador Alessandro Vieira e os três deputados estaduais do Cidadania Georgeo Passos, Samuel Carvalho e Kitty Lima; e o ex-deputado federal João Fontes.

 

Podemos 2

Renata Abreu fez um discurso falando da mulher, que o partido criou um momento de empoderamento da mulher e da necessidade do surgimento de uma terceira via. Disse que o país não podia mais continuar com a disputa entre bolsominions e petistas, que o povo não aguenta mais tanta briga nem viver mais nesse ódio.

Podemos 3

Com a ficha de filiação abonada pela deputada federal Renata Abreu, Danielle, que passa a comandar o partido em Sergipe a partir desta terça-feira, disse, ao final do seu discurso, que era “grata ao Cidadania, mas tinha chegado o momento de construção do seu caminho”.

Saiu a francesa

O senador Alessandro, que marcou presença no ato de filiação de Danielle, deixou o espaço tão logo a delegada encerrou o seu discurso. Nem ficou para o almoço, o que deu muito o que falar.

Nada a ver

À imprensa, Renata Abreu declarou que Alessandro nada teve a ver com a filiação de Danielle ao Podemos, como ele quis transparecer pelo twitter.  Não foi surpresa, porque não é das melhores a relação política entre os dois delegados desde as eleições 2020, quando Danielle disputou a Prefeitura de Aracaju.

Olheiro

A coluna tem informações de que o Podemos chegou até Danielle através de uma pessoa contratada pelo partido para identificar lideranças políticas nos estados. A pessoa veio a Sergipe há 60 dias para mapear, identificar quem tinha potencial político para se filiar a legenda. Foi assim que chegaram até a delegada, que foi muito bem votada para prefeita de Aracaju chegando ao segundo turno com o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), que disputou a reeleição.

Aviso

Também foi informada que ao ser procurada pelo Podemos, Danielle comunicou a Alessandro que estava conversando com o partido, que tinha uma proposta política boa, inclusive, de comandar a legenda no estado e ter apoio para 2022.

Esperar para ver

Segundo uma liderança política, se a delegada conseguir estruturar bem o Podemos em Sergipe é muito provável que os três deputados do Cidadania – Georgeo Passos, Samuel Carvalho e Kity Lima – venham a se filiar a legenda no próximo ano, quando da abertura da janela partidária para as eleições 2022.

Convite 1

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) se solidarizou com o deputado estadual Zezinho Sobral, que perdeu o comando do Podemos para Danielle Garcia e o convidou para se filiar ao seu partido.  O parlamentar nem tinha sido informado do ato de filiação.

Convite 2

“Quero fazer um reconhecimento público do trabalho do líder do governo na Alese, deputado Zezinho Sobral. Sério, competente e leal. Faz parte dessa nova geração de políticos sergipanos. Nesse sentido, abro as portas do PSD para ele. Seria um prazer tê-lo em nossos quadros”, afirmou Fábio..

Visita 1

O presidente estadual do DEM, ex-deputado federal José Carlos Machado, visitou na tarde desta terça-feira o pastor Virgínio Carvalho (DEM), que nesta quarta-feira (21) assumirá a vaga da senadora democrata Maria do Carmo Alves, que se licencia por 120 dias para tratar de assuntos pessoais. Desejou sucesso ao amigo, que considera de “grande importância” dentro do partido.

Visita 2

Virgínio assume em decorrência de impossibilidade justificada pelo 1º suplente, Ricardo Franco, para assumir o mandato. “Ele já teve oportunidade de substituir a senadora por duas vezes, conhecendo o cotidiano do Senado e sendo muito respeitado na Casa. Tenho certeza que fará um excelente trabalho”, declara Machado.

Satisfação

O ex-senador Eduardo Amorim (PSDB) disse que estava feliz com a decisão da senadora Maria do Carmo em dar oportunidade do suplente, o pastor Virgínio, assumir o mandato. “Pastor Virgínio também me representa. Boa sorte, amigo, nesta sua nova missão!”, afirma.

 

Em Brasília

Como presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) participou na noite desta terça-feira de reunião com o ministro Paulo Guedes (Economia). No encontro, ficou definido que as equipes técnicas da FNP e do Ministério da Economia construirão um pacote de propostas de alternativas legislativas que deem conta do financiamento do transporte coletivo urbano. Edvaldo e demais membros da diretoria da Frente defenderam um aporte de R$ 5 bilhões do governo federal para o setor.

PIX

Uma proposta em análise no Senado tem como objetivo impedir a cobrança de tarifas no contexto do Sistema de Pagamentos Instantâneos (Pix) nas doações feitas por cidadãos ou empresas a entidades da sociedade civil e institutos de pesquisa sem fins lucrativos (PL 2.495/2021). A autora do projeto, senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP), disse que a cobrança da taxa desestimula os doadores, além de retirar a renda que deveria ser investida em prol da sociedade, principalmente dos mais vulneráveis.

Veja essa…

O sentimento de algumas pessoas que assistiram ao ato de filiação de Danielle Garcia no Podemos era de que ela disputará o governo do Estado em 2022, se colocando como terceira via.

CURTAS

 

A intenção de Danielle Garcia era filiar ao Podemos, nesta terça-feira, junto com ela, algumas lideranças políticas e formadores de opinião. Mas não conseguiu por ter feito convite em cima da hora.

O presidente estadual e secretário geral nacional do PTB, deputado estadual  Rodrigo Valadares, declarou nesta terça-feira que o único partido que está pronto para receber o presidente Jair Bolsonaro é o PTB.  “O presidente precisa de um partido e nós estamos de braços abertos para recebê-lo”.

“O PTB já está com todo o seu diretório arrumado, estatuto completo e comissões nos estados. É conservador, de direita, que defende Deus, pátria, família e vida”, declara Rodrigo, enfatizando que o partido é o único que tem um presidente que “defende verdadeiramente o Governo Federal”, que é Roberto Jefferson.

Pelo segundo mês consecutivo, o prefeito interino de Rosário do Catete, Magno Viana Monteiro dos Santos, reverteu 40% do seu salário para aquisição de cestas básicas. A entrega dos alimentos aconteceu no início da tarde desta terça, onde foram beneficiados os mototaxistas, que ficam no ponto da entrada principal da cidade.

Em Brasília, o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) visitou nesta terça-feira o deputado federal Fábio Mitidieri (PDT), que se recupera de uma cirurgia. Foi desejar pronta recuperação para que “retorne 100% e continue fazendo esse belo trabalho por Aracaju e por Sergipe”.

Disse ainda Edvaldo, que como Fábio, tem seu nome cogitado para ser candidato a governador no agrupamento político do governador Belivaldo Chagas (PSD): “Tamo junto em nossa parceria”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *