João Eloy lamenta falecimento do coronel Adalberto Cavalcante

O secretário da segurança pública, João Eloy de Menezes, lamenta profundamente o falecimento do coronel Adalberto Cavalcante. O militar atuava na Polícia Militar desde 1971. Em sua trajetória pela corporação, recebeu as condecorações de Medalha Militar de Bronze, Medalha Militar de Prata, Medalha Militar de Ouro, Mérito Policial Militar da PMSE, Diploma de Amigo da Polícia Militar do Estado de Sergipe, Diploma de Amigo do Departamento de Polícia Rodoviária Federal e, no último dia 12 de janeiro, o Diploma de Amigo da 19ª Circunscrição do Serviço Militar do Exército Brasileiro.

O coronel Adalberto Cavalcante foi mais uma das vítimas da Covid-19. O coronel era bacharel em Direito e, durante o tempo que passou na reserva remunerada, trabalhou como advogado, mas com a sua convocação para o serviço ativo da Polícia Militar, renunciou aos mandatos jurídicos por não poder servir como advogado.

No dia 25 de junho, o coronel havia perdido o filho, o agente de trânsito Naerton Rodrigues Cavalcante, 41, que atuava na Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) de Aracaju. Ele também foi vítima da Covid-19.

O corpo do coronel Adalberto Cavalcante está sendo velado na Osaf, localizada na rua Itaporanga, no Centro de Aracaju, com saída prevista para às 15h, com destino ao município de Carmópolis, onde o corpo será sepultado. Neste momento de profundo pesar, o secretário da segurança pública, João Eloy de Menezes presta solidariedade à família e aos amigos e manifesta os mais sinceros sentimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *