Vereadores de Riachuelo repudiam maltrato de animais

Na 36° sessão ordinária, realizada na manhã desta quinta-feira, 01, os vereadores de Riachuelo se reuniram para discutir projetos de melhoras para a população do Município.

Uma indicação de autoria do vereador Givanildo Cavalcante (PT) foi colocada na pauta de votação, a de n° 66/2021, que solicita que seja encaminhado ao Poder Executivo, juntamente com a Secretaria Municipal de Obras e Gestão Ambiental, que providencie um local no sentido de funcionar um velatório público no Município. “As famílias precisam ter um espaço digno para velar os corpos de seus entes queridos, peço o apoio dos pares para que aprovem esta indicação”, destacou o autor da propositura.

O vereador Marcondes Hipólito (PDT) subiu à tribuna e destacou o quão oportuno é voltar aos trabalhos na Casa, depois de alguns dias de recesso. “É preciso que tenhamos uma visão de futuro para o desenvolvimento do nosso município. Não posso deixar de agradecer ao presidente Clécio do Central pela moção apresentada nesta sessão, destinada a mim em comemoração ao meu aniversário”, agradeceu.

O presidente da Casa, Clecio Carlos (MDB), em seu discurso, mostrou a sua indignação com pessoas que maltratam animais indefesos e destacou um caso específico que aconteceu no município. “O vídeo que foi divulgado esses dias é uma tortura. No que depender de mim, eu mesmo farei a denúncia e tentarei identificar o agressor” relatou.

Vale lembrar, que no Brasil maltratar animais domésticos, silvestres, nativos ou exóticos, é crime passível de detenção e multa, de acordo com a Lei federal nº 9605/98, e a pena varia de 2 a 5 anos de prisão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *