Na oposição?

Coluna Rita Oliveira – 20 de abril

 

Alguns aliados do governador Belivaldo Chagas (PSD) não acreditam que o senador Rogério Carvalho (PT) venha a ser o candidato a governador em 2022 pelo agrupamento político, mesmo o considerando um candidato forte e competitivo.

Um dos motivos seria o fato do então candidato a prefeito de Aracaju em 2020, o petista Márcio Macedo, ter denunciado que o governo estava usando eleitoralmente a máquina pública em favor do candidato governista Edvaldo Nogueira (PDT). Foi quando Márcio disse que disputava contra duas máquinas forte, a do Estado e do município de Aracaju.

Belivaldo reagiu afirmando que era preciso ficar atento às possibilidades de certos petistas – leia Eliane Aquino, Rogério Carvalho e João Daniel, que têm cargos no governo – estarem usando a máquina pública em favor de Marcio Macêdo à revelia dele enquanto governador.

Ele ainda alfinetou o então candidato petista dizendo: “Politicamente, não vou dar nenhuma resposta ao candidato Marcio Macêdo. E não darei por uma questão e por um fato que já estão aí postos e postíssimos: o povo de Aracaju já disse, pela voz das pesquisas e com grande clareza, que não quer ele como prefeito nem pintado de ouro. Essa é uma mensagem objetiva que parece que só o próprio Marcio Macêdo não quer ouvir e nem entender. Problema lá dele”.

O entendimento é que o cristal quebrou ai. E como não tem como colar cristais dificilmente Belivaldo levaria seu agrupamento a apoiar um candidato do PT e tão pouco se descompatibilizar do governo para disputar qualquer cargo majoritário em 2022, o que levaria o partido ao comando do  estado.

Nesta direção o governo tem três candidatos competitivos no agrupamento para enfrentar Rogério Carvalho na oposição e o senador Alessandro Vieira (Cidadania). Os já citados: o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD), o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) e o conselheiro Ulices Andrade.

Agora é aguardar setembro chegar, por ter sido o mês que Belivaldo  estabeleceu para discutir as eleições 2022, para ver a posição política do governador. Sabe-se que na política tudo pode acontecer, inclusive nada.

É Fábio Mitidieri quem mais se mexe para consolidar seu nome como o candidato governista no próximo pleito, já que as eleições vão ocorrer mesmo em 2022 como aconteceram em 2020 em plena pandemia da covid-19.

……………………………

Trabalhando

Nesta segunda-feira, 19, o deputado federal Fábio Mitidieri (PDT) se reuniu com a prefeita de Carmópolis, Esmeralda Cruz (PSD), e a secretária de Assistência Social e Inclusão de Sergipe, Lucivanda Nunes. Discutiram abrigos em Carmópolis e distribuição de cestas básicas para músicos sergipanos. Está trabalhando para superar os problemas da pandemia.

 

Nova pressão 1

A subprocuradora da República, Lindora Araujo, deu um prazo de cinco dias para que os governadores detalhem como foram aplicadas verbas estaduais e federais no combate à pandemia de Covid-19. Os governadores devem fornecer informações completas sobre o dinheiro usado na construção de hospitais de campanha, a relação dos insumos e equipamentos dessas estruturas que já foram desativadas.

 

Nova pressão 2

Os estados devem explicar também a razão para a desativação dos hospitais e a destinação dos equipamentos e verbas, além de terem de dizer se valores recebidos foram destinados a outros fins que não o combate à pandemia.

 

Registro

Em março, a PGR já havia cobrado dos estados informações sobre os hospitais de campanha erguidos para ampliar a capacidade de atendimento aos pacientes com covid-19. A nova demanda da PGR surge na semana em que deve ser instalada a CPI da Covid no Senado, que além de investigar ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia, também vai focar no uso de verbas da União por parte de estados e municípios.

 

Largada 1

A CPI da Covid inicia os trabalhos na terça-feira da semana que vem (27).  A cúpula quer traçar uma linha do tempo e começar esquadrinhando as razões que levaram à queda dos ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich. Quer entender se houve e como se deu a pressão do presidente Bolsonaro para que o governo defendesse, no tratamento contra a doença, o uso da hidroxicloroquina, que é o medicamento sem eficácia comprovada contra o vírus.

Lagarda 2

A estratégia tem sido discutida pelo senador Omar Aziz (PSD-AM), indicado como presidente da CPI, com Renan Calheiros (MDB-AL), que deve ser o relator. A eleição para definição do presidente e relator será às 10h do dia 27. Omar se autodeclara independente. Renan faz oposição aberta a Bolsonaro. Dos 11 integrantes da comissão, apenas quatro são governistas.

 

Indefinido

O ex-prefeito de Capela, Sukita, ainda não definiu se em 2022 apoiará a filha Isadora ou o hoje deputado João Marcelo (PTC) como candidato a uma cadeira na Assembleia Legislativa. Um dos dois terá o apoio de Sukita para fazer frente ao candidato da prefeita e ex-esposa Silvany Mamlak (PSC),  que é o ex-prefeito de Ilha das Flores, Cristiano Cavalcante. Cristiano é o atual marido da prefeita.

 

Vacina

Nesta segunda-feira foi a vez do prefeito Edvaldo Nogueira, com 60 anos,  receber a primeira dose da vacina contra a covid-19. “É uma felicidade imensa poder tomar a vacina. É uma dose de esperança, que vem para me dar mais força, para continuar trabalhando para vencer esta pandemia e para melhorar a vida das pessoas”, declarou.

Apelo


Logo após ser vacinado, o prefeito fez um apelo à população aracajuana que possui acima de 60 anos, para que procure as unidades de saúde ou o drive-thru do Parque da Sementeira e receba a imunização. “Façam isso por vocês, pelas pessoas que vocês amam, por todos. A vacina é o único instrumento que a gente tem para, de fato, vencer esta pandemia e, se for infectado pela doença, desenvolver a sua forma mais leve. Então, reforço meu pedido: quem tiver mais de 60 anos, assim como eu, venha se vacinar porque este é o único instrumento para vencermos essa doença”, reiterou.

 

Compra de vacina

Como presidente da Fundação Nacional de Prefeitos (FNP), Edvaldo Nogueira abriu a reunião no início da noite desta segunda-feira da comissão do Consórcio Conectar com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz. Na pauta, a compra de vacinas contra a covid-19.

 

Emenda

O senador Rogério Carvalho (PT-SE) apresentou uma emenda a um projeto de lei do Congresso sugerindo que despesas destinadas ao programa emergencial de manutenção do emprego – que no ano passado ampliou possibilidades de redução de jornada e salários, e ao auxílio para micro e pequenas empresas durante a crise da Covid-19 – não sejam incluídas na meta de resultado primário. A emenda foi feita junto a projeto do Congresso que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias e foi aprovada nesta segunda (19).

 

Chacota

Instagram do Sindicato dos Servidores da Fundação Renascer destaca que tem “cheirinho de pizza” a auditoria na fundação, realizada pela Secretaria da Transparência e Controle. Postaram ainda “Chega de mangação”.

 

 Veja essa…

O Brasil ainda não vacinou 13% da população. Já os Estados Unidos, a partir de agora, já estão vacinando toda a população adulta maior de 16 anos. O presidente Joe Biden declarou, há cerca de dois meses, que até maio toda população adulta estaria vacinada contra a covid-19. Lá, com vacina em abundância, a aplicação das doses ocorre 24h por dia, todos os dias da semana.

 

CURTAS

Do ex-presidente da OAB e ex-candidato a senador, Henri Clay: “Processo contra Lula estão anulados. Moro está desmoralizado e com alto índice de rejeição popular. O juiz que faz política se trombica”.

Nesta terça-feira, 10, a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara vai ouvir o ministro da Controladoria Geral da União (CGU), Wagner Rosário, par que sejam esclarecidos os gastos de mais de R$ 2,4 milhões aos cofres públicos com as férias do presidente Jair Bolsonaro.

Bolsonaro tirou férias de 18 de dezembro de 2020 a 5 de janeiro deste ano. Do total dispendido, quase R$ 1,2 milhão foram gastos com o cartão corporativo do governo federal, R$ 1,05 milhão bancaram combustível e manutenção de aeronaves, e R$ 202 mil, diárias da equipe de segurança presidencial. O presidente foi até Guarujá (SP) e São Francisco do Sul (SC).

Chega ao Senado projeto de lei de autoria do deputado Hélio Lopes (PSL-RJ) que aumenta penas para abandono de incapaz e maus-tratos de crianças, idosos e pessoas com deficiência. A exposição de idosos a perigo de saúde e integridade física ou psíquica também terá punição mais severa. A proposta foi recém-aprovada pela Câmara.

 

Nessa quinta-feira (22), a Federação dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal (FETAM) realizará uma live com o tema “Garantir a vacina é proteger a vida do povo”.  Será às 19h  pelo facebook da FETAM Sergipe. O evento marca o lançamento, em Sergipe, da Campanha Nacional “Vacina para todos”, encampada e articulada pela Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT).

Vão debater o tema o deputado estadual Iran Barbosa (PT), que apresentará um panorama das medidas tomadas no âmbito do  parlamento sergipano no tocante ao enfrentamento à covid-19; e o presidente do Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed/SE), Helton Monteiro, que fará uma análise sobre a situação da pandemia e os impactos no sistema de Saúde público em Sergipe .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *