Prefeitura passa a ofertar testes RT-PCR na UBS Santa Terezinha, na Zona de Expansão

Para ampliar os pontos de testagem molecular (RT-PCR) nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), abriu, nesta terça-feira, 23, sala para realização de testes na unidade Santa Terezinha, na Zona de Expansão. Até março, a expectativa é que mais oito UBS comecem a ofertar o serviço.

 

A diretora de Vigilância e Atenção à Saúde da SMS, Taise Cavalcante, explicou que a ideia da criação de salas de testagem nas Unidades é ofertar o teste RT-PCR em todas as regiões do município, evitando o deslocamento das pessoas pela cidade e também para desafogar a quantidade de pessoas nas UBS de referência em síndromes gripais.

 

“Estamos convivendo com a doença e precisamos continuar com todos os cuidados para que se evite pessoas adoecidas e óbitos. Desde agosto, foi implantado o TesteAju para realização de testes em assintomáticos. Em novembro, ampliamos essa coleta para nossas Unidades de referência em síndrome gripal, mas tivemos que suspender por problemas no processamento nos exames”, explica.

 

UBS exclusivas

Atualmente, a rede dispõe de quatro UBS exclusivas para síndrome gripal (Ministro Costa Cavalcante, Onésimo Pinto, Geraldo Magela e José Machado), funcionando das 7h às 19h de domingo a domingo.

 

Fluxo dentro da UBS Santa Terezinha não será modificado

De acordo com a gerente da Unidade Santa Terezinha, Lourdes Lima de Oliveira, a partir desta terça-feira (23), a unidade passa a atender a população para a realização do teste RT-PCR, de segunda a sexta feira das 7h às 18h

 

“O paciente chega a Unidade passa na recepção, e vai para a sala de triagem, sendo pacientes assintomáticos vai aferir os sinais vitais, e é encaminhado para a consulta com o enfermeiro. Quando forem pacientes sintomáticos, o técnico fará todo o procedimento com os sinais vitais, colherá o histórico do paciente, e será encaminhado para a sala de coleta. Lá, é feito toda a notificação, e coleta que será encaminhada para o Lacem”, orienta.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *