Tumulto no PRTB

Coluna Rita Oliveira – 1 setembro

 

As convenções partidárias para homologação das coligações e candidaturas já podem ser realizadas desde essa segunda-feira (31). Alguns partidos já marcaram suas convenções, cujo prazo estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) encerra dia 16 de setembro.

Com a decisão já anunciada de desistência da pré-candidatura de Valadares Filho (PSB) para compor como vice da delegada Danielle Garcia (Cidadania) e da confirmação da vereadora Emília Corrêa (Patriotas) de que não disputará a Prefeitura de Aracaju, mas a reeleição, a convenção mais esperada agora é a do PRTB do ex-senador Almeida Lima, pré-candidato a prefeito.

Isso porque na semana passada o advogado Anderson Camilo, ex-presidente estadual do PRTB, lançou seu nome como pré-candidato a prefeito de Aracaju. Ele, que mora em São Paulo, mas tem empreendimento em Sergipe, disse que vai bater chapa com Almeida, que já está em pré-campanha e tem definido como vice o médico Luis Prado Correia.

A Comissão Municipal do PRTB em Aracaju, com cinco membros, é formada por familiares e amigos de Almeida. Mesmo assim, o advogado empresário se mostra confiante que terá seu nome aprovado, talvez por acreditar numa possibilidade de intervenção da nacional.

Indiferente ao fato de Almeida ter toda a Comissão Municipal, que é quem vai definir candidatura, o Anderson Camilo segue em pré-campanha publicando cards e conversando com partidos políticos.  Esteve com o presidente do Patriotas, Uezer Licer; com o pastor Severino Gomes, liderança evangélica em Sergipe; e com o presidente estadual do PTC, Adelson Alves. Esteve ainda no DC.  Trabalha uma coligação.

O pré-candidato Almeida Lima conversou com várias lideranças políticas, mas não conseguiu, até o momento, formar uma composição. Caminha para ir para a convenção do partido, que ainda não está marcada, com chapa puro sangue e sem coligação.

Além do PRTB, a grande expectativa nas convenções dos partidos em Aracaju é sobre o nome do vice Edvaldo Nogueira que será homologado. Se será Jorginho Araújo (PSD), como deseja o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD); a delegada Katarina Feitosa, como espera o governador Belivaldo Chagas (PSD) ou o ex-presidente da OAB, Henri Clay, como almeja o ex-governador Jackson Barreto.

Alguns dos pré-candidatos a prefeito da capital podem não ser candidatos, a exemplo do ex-deputado federal Jony Marcos (Republicanos) e do Lúcio Flávio (Avante).

……………………..

Não sabe

Do pré-candidato a prefeito Almeida Lima (PRTB) ao ser questionado ontem pela coluna o que está por trás do Anderson Camilo querer bater chapa com ele (Almeida), que tem o apoio de toda a Comissão Municipal: “É uma boa pergunta para fazer a ele (Anderson). Eu não sei responder. Ele quem tem a resposta”.  Disse Almeida rindo.

Sem chance

Para Almeida, que descarta uma intervenção da nacional, o Anderson Camilo tem todo o direito de lançar pré-candidatura.  “Só não terá condições de cumprir as formalidades para registrar chapa por precisar de um terço dos convencionais”, declarou, se referindo ao fato da comissão ser formada pela esposa Maria Helena, o filho Danilo, a noiva dele Carolina, o seu amigo Ginaldo Dias dos Santos e o seu vice Luis Prado.

Em família

Enfatiza Almeida que fez uma comissão formada por familiares e amigos para não correr o risco de tomar uma rasteira como tomou do PV, que era filiado e pré-candidato a prefeito pelo partido que depois disse que não lhe daria legenda. Na sexta-feira passada (28), o PV fechou apoio ao prefeito Edvaldo Nogueira (PDT).

Quem é

O pré-candidato a prefeito de Aracaju pelo PRTB, Anderson Camilo, foi candidato a deputado federal por Sergipe em 2018, obtendo 672 votos.  Tem escritório em São Paulo, Uruguai,  Miami e está montando um  Aracaju.É mais um que deseja os votos dos bolsonaristas em Aracaju, ao destacar que fez uma grande carreata pró-Bolsonaro na eleição passada, na capital.

O que pensam

Para muitos ele está sendo visto como mais um Valdevan Noventa, que veio de São Paulo com dinheiro fazer política em Sergipe e acabou levando mandato de deputado federal em 2018. E como Daniel Tourinho, que no final de 1980 veio fazer campanha de deputado federal em Sergipe pelo PRN, com o apoio do presidenciável Fernando Collor, e acabou perdendo.

O que pensa 1

Anderson Camilo tem colocado nas redes sociais que respeita e admira Almeida Lima e que será uma “grande honra” participar das prévias com ele. Diz que o que está fazendo ao lançar sua pré-candidatura é propondo para classe política de Sergipe,  que é melhor e mais participativa a escolha aberta de seus candidatos.  Revela que sempre os “donos dos partidos” são os candidatos e são sempre os mesmos. Afirma que a reflexão que faz é que não é possível que não surja ninguém novo ou capaz de sucedê-los.

O que pensa 2

Reconhece Anderson que sua posição não está muito favorável, mas sabe que a política é a arte do convencimento e da leitura correta da conjuntura. “O Almeida e o presidente Levy, que é pré-candidato em São Paulo, há muito tempo vem fazendo as famosas lives. Observem as audiências. Até hoje trouxe ou acrescentou qualquer tipo de efervescência nas pré-candidaturas de Aracaju? A resposta certamente será negativa. Por que? Volto a repetir: a população está desejosa por uma proposta nova, que não esteja sujeita aos pseudos donos da cidade, por isso que serei vítima de muitas críticas e elogios, porque eu trouxe à baila, corajosamente, essa discussão num Estado onde este tipo de debate não acontece.  Simples assim”.

Avante

Segundo o presidente Municipal do Avante, Clóvis Silveira, na próxima quinta-feira (3) o partido vai se reunir e definir sobre candidatura própria a prefeito de Aracaju com o publicitário Lúcio Flávio ou se apoiará outro candidato. A coluna tem informação que a legenda deve apoiar a reeleição de Edvaldo Nogueira.

 

Democratas

A delegada Georlize Teles caminha mesmo para ser candidata a prefeita de Aracaju pelo DEM. O presidente nacional do partido e prefeito de Salvador, ACM Neto, já gravou vídeo declarando apoio a ela e desejando sorte.

Satisfação

O deputado federal Fábio Reis (MDB) comemora resultado de pesquisa Dataform, registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o número SE-08414/2020, que mostra o irmão, o ex-deputado federal Sérgio Reis (MDB), liderando pesquisa para prefeito de Lagarto com 31,42% das intenções de votos. “Tenho certeza que com seu conhecimento em gestão pública e como cidadão lagartense, que entende as necessidades da nossa gente, ele será uma grande figura para o nosso município, assim como já foi para nosso Estado enquanto deputado federal”, afirma.

Tocando o barco

Como secretário da Casa Civil do Estado do Rio de Janeiro, o ex-deputado federal André Moura (PSC), se reuniu ontem com o governador em exercício Claudio Castro e todo o secretariado. Discutiram as metas a serem cumpridas pelas pastas até dezembro 2020, mediante afastamento de 180 dias do governador Wilson Witzel (PSC).

Contra a reeleição 1

Nessa segunda-feira (31) o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), junto com outros nove senadores, protocolou petição em uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), ajuizada pelo PTB, contrária à reeleição do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. “Juramos todos obedecer a Constituição e ela proíbe claramente a reeleição. Nossa ação é para relembrar isso para quem esqueceu”, afirma o parlamentar.

Contra a reeleição 2

Acompanha a petição parecer do jurista Adilson Dallari, professor titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP).  A sustentação é que tantos as normas dos regimentos internos do Senado e da Câmara quanto a Constituição vedam a reeleição na mesma legislatura para as presidências das duas Casas legislativas. Só uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) poderia alterar as regras do jogo.

Veja essa…

 O pré-candidato a prefeito Almeida Lima (PRTB) lamenta não ter conseguido formar aliança com o PSB, DEM, PTB, Avante e Patriotas.  “Todos com projetos para 2022. Eu não tenho, o meu é agora. Poderíamos formar uma chapa para conduzir um projeto vitorioso para 2022, quando não serei candidato a nada. Se preocuparam em me isolar”, afirma.

…e essa…

“O Rodrigo Valadares ainda tem fedor de mijo na cueca, é um menino novo, que deixa de fazer aliança comigo que o fortaleceria. Coisa mesquinha. Coisa de gente que anda de cócoras, não pensa alto. Valadares Filho e Machado (José Carlos) erraram novamente ao não me apoiarem. Valadares Filho já vai para a eleição derrotado. Ele e o pai [Valadares] perderam cinco eleições majoritárias. Valadares perdeu em 1998 e 2000 e o filho as três últimas eleições. Se perderam no tempo. Parecem que não raciocinam. São desinteligentes. Eu consigo sobreviver sozinho. Fui vice-prefeito de Aracaju, prefeito, deputado federal e senador. Só eu sozinho já fui muito longe”, afirmou, enfatizando que eleito prefeito de Aracaju vai revolucionar a cidade.

 

CURTAS

Alguns partidos já marcaram as convenções partidárias. No dia 6, será do Cidadania e PSB, quando haverá homologação da chapa Danielle Garcia candidata a prefeita e Valadares Filho a vice.

O Avante também marcou para o dia 6 a convenção partidária. Não será surpresa se o partido não lançar Lúcio Flávio como candidato.

A convenção do Republicanos deve ocorrer dia 10 de setembro, que corresponde ao número do partido.  A legenda, que tem hoje como pré-candidato a prefeito Jony Marcos, pode apoiar a reeleição de Edvaldo Nogueira.

Dia 12 de setembro acontecerá a convenção do PDT, que homologará a candidatura do prefeito Edvaldo Nogueira à reeleição e do seu vice.

Dia 15 de setembro será a convenção do DEM, que deve homologar a candidatura da delegada Georlize a pefeita de Aeacaju.

 

Acontece nesta terça-feira (1º) live do ex-secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, o biólogo Genival Nunes, para debater a Nova Lei do Licenciamento Ambiental no Brasil. Será a partir das 20h,  pelo instagram @genivalnunes4

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *