Opção pela live

Coluna Rita Oliveira – 10 julho

 

A pandemia do novo coronavírus está mudando a vida das pessoas e, como não poderia ser diferente, também está modificando a forma de se fazer política neste ano de eleição municipal.

Com muitos em casa para evitar contrair o vírus, a proibição de aglomeração e a não recomendação do contato físico os pré-candidatos a prefeito e a vereador estão se utilizando da realização de live para manter um contato virtual com o eleitor.

Em Aracaju quem vem se utilizando muito das live são os pré-candidatos a prefeito Danielle Garcia (Cidadania), Henri Clay (Rede), Márcio Macedo (PT) e Almeida Lima (PRTB).

Hoje mesmo a delegada Danielle realiza mais uma live agora com o tema: “Combate à Corrupção”, a partir das 19h, com transmissão pelas suas redes sociais. Ela já realizou outras abordando “Eleições Municipais”, “A crise da segurança pública em Sergipe”,  “Mulheres na Política”, entre outros com a participação de convidados.

Também hoje quem promove live é o ex-presidente da OAB, Henri Clay, com o tema: “Frente em defesa da vida, da democracia e da Constituição”.

Ele já realizou outras live focando “Advocacia criminal durante a pandemia”, “Condições de moradores de rua durante a pandemia”, “Auxilio emergencial”, “Dandara e as lutas por igualdade das mulheres pretas no Brasil”, entre outras. Também com a participação de convidados.

Já ontem teve mais uma live do ex-deputado federal Márcio Macedo. Foi com o tema “Enem adiado para janeiro é a solução?”. Realizou outras com convidados e abordando pontos como “Pesquisas da UFS sobre a Covid-19: Evolução dos óbitos”, “A privatização da água e do saneamento básico no Brasil”, “A importância da renda básica emergencial”, entre outras.

O ex-senador Almeida Lima também já fez algumas live, com temas como “Gestão Pública na Pandemia”, “A pandemia e o pandemônio em Aracaju e Sergipe” e “A pandemia e a reação dos governos, aqui e no mundo”. Mas, ultimamente, está preferindo a gravação de vídeos sobre a importância das eleições nessa pandemia e como serão os problemas pós pandemia, entre outros pontos.

No interior, o pré-candidato a prefeito de Lagarto, Sérgio Reis (MDB), é quem tem se destacado na realização de live. Na última quarta (08) fez uma sobre “Segurança”, com convidados para debater o tema. Já realizou também sobre “Violência contra a mulher”, “Enem: juventude e oportunidade”, entre outros temas.

Os pré-candidatos a vereador também estão realizando live como uma forma de se tornar conhecido e apresentar suas ideias para a população, através de debates com temas que consideram relevantes e que se identificam.

Um dos que vem fazendo live semanalmente é o pré-candidato a vereador Rosman Pereira (PP), ex-secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão. Ontem ele realizou mais uma com o tema “Empreendedorismo, desafios e oportunidades”.  Já fez live com temas: “A força feminina e as transformações sociais”, “Família na escola”, “Educação e direitos ao cidadão” e “Empreendedorismo feminino”, entre outros.

Esse período da pré-campanha é tão ou mais importante quanto o período da campanha eleitoral, uma vez que os candidatos terão apenas 45 dias de campanhas eleitorais. E a visibilidade que eles conquistaram durante a pré-campanha terá grande peso durante este período.

 

…………………………………

 

Na Câmara 1

O Projeto de Lei 3393/20 permite, durante o período de propaganda eleitoral, a convocação para comícios virtuais ou presenciais por meio de carros de som ou minitrios ou a partir de mensagens veiculadas em televisão ou rádio. O texto em tramitação na Câmara dos Deputados altera a Lei das Eleições.

 

Na Câmara 2

“Com a Covid-19, os eventos virtuais se impuseram ainda com mais força”, afirma o autor da proposta, deputado Hildo Rocha (MDB-MA). “Na política eleitoral, surge a possibilidade de comícios virtuais, que sem dúvida se manterão mesmo quando for superada a pandemia”, continuou ele, justificando a necessidade de ajustes na lei.

 

Mais apoio 1

O prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) continua recebendo solidariedade e apoio de aliados mediante a Operação Serôdio, deflagrada pela Polícia Federal objetivando apurar supostas irregularidades na montagem do Hospital de Campanha em Aracaju. Ontem ele recebeu a visita do deputado federal Fábio Mitidieri (PSD). “Sei da sua capacidade e idoneidade, meu amigo. O nosso PSD está junto com você, que é um dos melhores gestores que Aracaju já viu”, afirmou

 

Mais apoio 2

Os vereadores que compõem a bancada governista também reiteraram o apoio ao prefeito. Em reunião na manhã de ontem, os parlamentares declararam a confiança na honestidade e na ética do gestor municipal e na lisura e transparência do trabalho desenvolvido pela administração de Aracaju. “A honestidade Edvaldo nunca foi questionada”, afirmou Vinicius Porto. “Edvaldo tem uma forma correta de conduzir a cidade e de governar”, reforçou Fábio Meirelles.

 

 Mais apoio 3

“Acredito na lisura do processo de montagem do Hospital de Campanha e na atuação do prefeito e da secretária da Saúde”, disse o presidente da Câmara, Nitinho Vitale. Para Zezinho do Bugio, “as ações de Edvaldo são corretas e estão no caminho certo”. Manoel Marcos reforçou que estará ao lado do prefeito: “somos amigos e acreditamos na sua correção”. Também participaram da reunião Soneca, Isac Silveira, Gonzaga, Seu Marcos, Pastor Alves, Juvêncio Oliveira e Antônio Bittencourt.

 

Mais apoio 4

 Na  tarde de ontem aliados políticos do prefeito saíram com nota pública de apoio a Edvaldo intitulada “A política não é instrumento da indignidade”. No documento, eles enalteceram a competência e a honestidade de Edvaldoe estranharam a Operação Serôdio, pelo fato do MPE ter visto toda documentação e não ter detectado irregularidade. O grupo também criticou a politização em torno da operação que investiga a construção do Hospital de Campanha, e diz que ela foi transformada “num factoide midiático destinado a interferir nas eleições municipais de 2020”.

 

A nota 1

Além do governador Belivaldo Chagas, do ex-governador Jackson Barreto e do presidente da Assembleia, Luciano Bispo, assinaram a nota oito dos 24 deputados estaduais, cinco dos oito deputados federais e 15 dos 24 vereadores de Aracaju.

 

A nota 2

Dos deputados federais apenas três não assinaram a nota: João Daniel (PT), Bosco Costa e Valdevan 90 (PSC). Dos deputados estaduais só assinaram Luciano Bispo (MDB), Francisco Gualberto (PT), Adailton Martins (MDB), Goretti Reis (MDB), Ibrain Monteiro (PSC), Jeferson Andrade (PSD), Maísa Mitidieri (PSD) e Vanderbal Marinho (PSC), Já na Câmara não assinaram  a nota: Emília Correa (Patriota), Lucas Aribé (Cidadania), Elber Batalha (PSB), Evando Franca (PSD), Cabo Didi (PSC), Anderson de Tuca (PDT), Américo de Deus (PSD) e Zé Valter (PSD).

 

Desabafo

Do deputado estadual Capitão Samuel (PSC) sobre decisão judicial do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, que atendeu pedido do Conselho Regional de Medicina de Sergipe (Cremese) e suspendeu a validade de 77 licenças médicas temporárias concedidas a profissionais interessados em trabalhar no Hospital de Campanha: “No Hospital de Campanha de Aracaju com mais de 60 pacientes internados, por determinação da justiça, ficaram apenas três médicos de Plantão. Os contratados foram afastados. Quando surgir as mortes quem será responsabilizado por esse absurdo? A guerra de vaidades o povo paga o pato”.

 

Ponto de vista

Do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE): “Hoje tivemos duas decisões 100% políticas do Judiciário. Primeiro o ministro Noronha (STJ) concede prisão domiciliar para a foragida mulher do Queiroz. Depois Toffoli (STF) determina o envio ao PGR de todas os dados de investigações das FT Lava Jato do Brasil. Os bandidos agradecem”.

 

Registro

Do presidente Bolsonaro em discurso na solenidade de posse de André Mendonça (ministro da Justiça) e de José Levi (Advogado-geral da União), em elogiu ao presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha: “Prezado Noronha, permita-me fazer assim, presidente do STJ. Eu confesso que a primeira vez que o vi foi um amor à primeira vista. Me simpatizei com Vossa Excelência. Temos conversado com não muita persistência, mas as poucas conversas que temos o senhor ajuda a me moldar um pouco mais para as questões do Judiciário. Muito obrigado a Vossa Excelência”.

 

Premiação 1

Dos oito deputados federais e três senadores de Sergipe apenas dois não estão aptos a disputar o Prêmio Congresso em Foco, que será entregue em 20 de agosto aos parlamentares que melhor exerceram o mandato em 2020, na avaliação do público na internet, de jornalistas que cobrem Câmara e Senado e de um júri especializado. São eles: João Daniel (PT) e Valdevan 90 (PSC).

 

Premiação 3

Pelo regulamento, que esteve em consulta pública até essa quinta-feira (9), podem concorrer apenas congressistas que não respondam a acusações criminais e que tenham ocupado o cargo por ao menos 60 dias este ano. A relação está sujeita a mudanças até o próximo dia 16, prazo final para inclusão ou exclusão de nomes. Em 17 de julho, começa a votação pela internet, que vai até o dia 31.

 

Veja essa…

Um documento elaborado pelo Congresso dos Estados Unidos aponta que o governo chefiado por Jair Bolsonaro representa riscos para a democracia, direitos humanos e meio ambiente. O relatório foi publicado no último domingo (5) e tem 26 páginas. O texto foi revelado pelo jornal Folha de São Paulo nessa quinta-feira (9).

 

CURTAS

 

A prefeita de Pedrinhas, Mara da Farmácia (PDT), informou ontem que testou positivo para a Covid-19, que está bem e cumprindo isolamento social.

 

Quem faleceu na quarta-feira (8) vítima do novo coronavírus foi o prefeito de Santana do Ipanema (AL), Isnaldo Bulhões Barros (MDB). Morreu aos 78 anos, em um hospital em Maceió, onde estava internado.

 

Do senador Rogério Carvalho (PT): “Antes que o Bolsonaro surgira uma perseguição política neste caso do Facebook, já informo que os perfis falsos desativados em que alguns são ligados ao presidente, destruíram reputações e manipulavam a sua opinião. Isso sim é destruição política! #FakeNews”.

 

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SE) iniciou o planejamento do Programa Eleições. Na última terça-feira (7) foi apresentado, em reunião por videoconferência, o Plano de Ação da Polícia Militar referente à segurança das Eleições 2020.

 

Participaram da reunião o presidente do TRE-SE, desembargador José dos Anjos; o coronel Paulo Paiva; o tenente-coronel George Melo; o diretor-geral, Rubens Lisboa; e o coordenador de planejamento estratégia e gestão, Marcelo Gerard (ambos do TRE-SE).

O deputado estadual Zezinho Sobral (Podemos) voltou a questionar ontem, durante sessão remota da Assembleia, o faturamento, os contratos e a distribuição do gás pela empresa Sergipe Gás (Sergas). “O faturamento em 2019 foi de mais de R$ 210 milhões. O mais espantoso é ter um resultado líquido de cerca de R$ 1 milhão para a companhia. É inacreditável e absurdo. Só de contrato que a GasPetro tem com a Sergas, desses R$ 210 milhões a GasPetro recebeu R$ 140 milhões. Dessa forma, a Sergas nunca poderá implementar uma política de interiorização do gás natural, ações sociais, gerar mais empregos e renda, nada”, avalia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *