Ministro da Educação entrega carta de demissão

O novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, entregou no final da tarde desta terça-feira (30) cartão de demissão ao presidente Jair Bolsonaro, pelo desgaste provocado pelas inconsistências no seu currículo reveladas pela imprensa.

 

No final de semana Universidades da Argentina e da Alemanha negaram que Decotelli tenha concluído doutorado e pós-doutorado respectivamente, como tinha declarado em currículo.

 

Além disso, ele é suspeito de lançar mão de plágio em seu trabalho de mestrado na Fundação Getúlio Vargas (FGV) e não faz parte do quadro de professores efetivos da instituição, conforme colocou em currículo. Carlos Alberto Decotelli era o terceiro ministro da Educação do governo Bolsonaro, que não foi indicado pela ala ideológica e deixa o governo sem, sequer, tomar posse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *