Covid-19: Sergipe chega ao recorde de 33 mortes nesta segunda-feira

Laboratório

O boletim epidemiológico do novo coronavírus divulgado na noite desta segunda-feira (29), pela Secretaria de Estado da Saúde, mostra que Sergipe chega ao recorde de 33 óbitos nas últimas 24 horas. Com 396 novos casos, o estado chega a 24.817 pessoas testando positivo para a Covid-19 e 653 mortes.

Onze mortes são da capital, sendo oito homens: 66, com tireoidite de Hashimoto; 65, com hipertensão e obesidade; 73, com cardiopatia e hipertensão; 80 e 90, sem comorbidades; 70, com hipertensão, diabetes e amaurose bilateral; 75, com obesidade e hipertensão; e 44, com obesidade. As mulheres são: 66, sem comorbidades; 88, com hipertensão e cardiopatia; e 91, com diabetes e hipertensão.
Em Nossa Senhora do Socorro, três mortes: dois homens, de 60, com diabetes e 50, com transtorno psiquiátrico; e idosa, 55, com doença renal crônica. Algumas cidades registraram mortes de pacientes sem comorbidades: de Neópolis, homem, 62 anos e mulher, 79; de Itabaianinha, mulher, 44 anos, e homem, 54; da Barra dos Coqueiros, uma jovem de 25 anos; de Arauá, mulher, 67; de Pedra Mole, um jovem de 22 anos; de Santana do São Francisco, homem, 65 anos; homem, 70, de Lagarto; homem, 54, de Ribeirópolis; e homem, 76, de São Cristóvão.
As outras mortes foram: mulher, 74 anos, de Campo do Brito, com diabetes, doença renal crônica e imunossupressão; homem, 70, de Frei Paulo, com cardiopatia; homem, 73, de Itaporanga, com hipertensão e diabetes; homem, 72, de Laranjeiras, com diabetes e doença renal crônica; homens, de 85 anos, com neoplasia e 73 anos, com hipertensão e diabetes, ambos de Itabaiana; mulher, 95, com cardiopatia, e homem, 80, com doença renal crônica, sendo os dois residentes de Estância.
São 10.109 pessoas curadas até o momento. Foram realizados 49.714 exames e 24.897 foram negativados. Estão internados 625 pacientes, sendo 253 em leitos de UTI (129 na rede pública, sendo 125 adultas e 4 pediátricas; e 126 na rede privada, sendo 124 adultas e 2 pediátricas) e 370 em leitos clínicos (229 na rede pública e 141 na rede privada). São investigados mais 20 óbitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *