Covid: Prefeitura já investiu quase R$ 6 milhões em EPIs para a rede municipal de Saúde

Campanha  de informação  e orientação à população sobre a Covid-19
A Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), já investiu R$ 5.672.435,00 em Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para profissionais da rede municipal de Saúde. Desse montante, R$ 235.063.65 foram liberados para o Hospital de Campanha Cleovansóstenes Pereira Aguiar até sexta-feira, dia 19.
Entre os itens dispensados ao Hcamp, estão luvas, óculos de segurança, aventais, máscaras e toucas. Só de máscaras, do tipo N95 e descartáveis, foram 11.510 unidades. Também foram adquiridos 720 óculos de segurança, 7.600 aventais e 10.000 proteções para pé.
Coordenadora do HCamp, Carolina Lopes explica que, pelo perfil de pacientes do hospital, voltado para casos suspeitos ou confirmados da Covid-19, sendo a maioria de casos confirmados, há uma preocupação muito grande com a segurança de todos.
“O EPI é fundamental, porque além de dar segurança para o profissional, também dá segurança para o paciente e faz com que o profissional não seja um vetor lá fora, para a população. Ele é essencial para o funcionamento da unidade”, garante Carolina.
Ela afirma que todo acesso é bastante criterioso e rigoroso. “Se a gente tem um serviço de manutenção, por exemplo, a gente dá os EPIs para essa pessoa também. Ele recebe a roupa privativa, para evitar usar a roupa própria; avental impermeável, óculos de proteção, touca, máscara cirúrgica, luva e protetor facial”, revela.
Ou seja, segundo Carolina, os EPIs são fornecidos tanto aos profissionais da assistência direta, aos pacientes, quanto aos da área administrativa, por exemplo. “Todos recebem e utilizam os EPIs porque podem estar expostos simplesmente por estarem dentro do ambiente. Há uma grande preocupação com a segurança de todos, profissionais, pacientes e a sociedade”, reforça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *