Todo cuidado é pouco

Coluna Rita Oliveira – 06 junho

De acordo com boletim epidemiológico divulgado ontem à noite pela Secretaria de Estado da Saúde já são 198  óbitos e 8.577  casos de pessoas infectadas em Sergipe pelo novo coronavírus. Apesar das medidas do governo do Estado para conter a propagação do vírus, a pandemia ainda não estagnou em Sergipe, vindo a aumentar a cada dia o número de vítimas.

Por ser a capital, Aracaju é o epicentro da doença em Sergipe mesmo com as medidas adotadas pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) no combate a covid-19. Aracaju tem 4.940 casos confirmados.

Vários municípios do interior estão com casos significativos do vírus. São eles Nossa Senhora do Socorro  (688), Itabaiana (379), São Cristovão (369), Nossa Senhora da Glória (201), Estância (196), Barra dos Coqueiros (189), Lagarto (179), Itabaianinha (140), Simão Dias (126), Umbaúba (110) Areia Branca (61).  Os demais municípios tem casos que variam de 01 a 60, a exceção de Pedra Mole que não tem nenhum caso da doença.

Pelo boletim, o isolamento social em Sergipe não é dos melhores. Varia de 28% a 45%. Esse percentual é considerado baixo pela OMS, que considera bom um percentual de 69% a 55%, e ideal um percentual de 70%. Nessa caso, a culpa é da população que não está levando a sério que vivemos uma guerra contra um adversário invisível e mortal.

Durante reunião na quinta-feira, 4, com o Comitê Gestor de Retomada Econômica (Cogere), o governador Belivaldo Chagas (PSD) esteve discutindo propostas e medidas para o desenvolvimento e a recuperação da economia sergipana nessa pandemia.  Foi avaliado o cenário atual e discutido uma proposta de retomada da economia para apresentar, principalmente, ao setor produtivo.

A ideia do governador é flexibilizar a partir do dia 15. Mas ele já declarou que é possível que algo aconteça a partir dessa segunda-feira e que tudo dependerá não apenas do crescimento da curva de contaminação, mas principalmente, da ocupação de leitos de UTI e leitos clínicos. Garante que qualquer medida será amparada por critérios técnicos e científicos.

Agora é aguardar o novo decreto a ser anunciado nessa segunda, após nova reunião que o governador terá com o Comitê Gestor de Retomada Econômica.

Vale lembrar que os casos de pessoas infectadas e mortas pelo coronavírus continuam crescendo no país, e realmente há uma necessidade da retomada da economia, com grande pressão dos empresários. Nesse sentido, o governador viverá mais um dilema até essa segunda, quando terá que decidir entre salvar CPF ou CNPJ.

…………………………………….

 

Taxa de isolamento

Pelo boletim epidemiológico divulgado ontem pela Secretaria de Estado da Saúde, os municípios com menor isolamento social em Sergipe são Telha, General Maynard, Nossa Senhora de Lourdes, Pinhão, São Miguel do Aleixo, Moita Bonita, Arauá, Umbaúba, Campo do Brito, Tobias Barreto, Maruim, Carira, Carmópolis, Popriá, Porto da Folha, Areia Branca, Itabaiana e Cumbe. A taxa de isolamento varia de 28% a 34%, o que é considerada muito baixa pela OMS.

 

Defesa do isolamento 1

O ex-senador Eduardo Amorim (PSDB), que é médico, lamenta que o País não tenha, em meio à pandemia, um ministro da Saúde efetivo. “Não ter um condutor num momento como este parece não valorizar o bem maior que nós temos, que é a vida. É preciso muito equilíbrio e saber dosar as coisas para que possamos atravessar tudo isso da melhor maneira possível”, ressaltou.

 

Defesa do isolamento 2

Eduardo Amorim destacou também que é preciso ter bom senso e equilíbrio no enfrentamento à pandemia, priorizando sempre a vida. “Economia a gente recupera, mas vida só temos uma. O melhor de todos os remédios, neste momento, é o isolamento para não espalhar a contaminação. Mas, se tivermos equilíbrio, é possível cuidar da Saúde e manter a economia e os empregos”.

 

Os infectados 1

Nesta pandemia sete dos 27 governadores brasileiros foram infectados pela Covid-19. O último deles foi o governador do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), que confirmou o diagnóstico da doença na quinta-feira (4). Nenhum dos chefes do Executivo estadual apresentou sintomas graves da Covid-19.

 

Os infectados 2

Os outros seis governadores que contraíram o novo coronavírus são: Wilson Witzel (PSC-RJ), Renan Filho (MDB-AL), Helder Barbalho (MDB-PA), que pegaram o vírus em abril; e Paulo Câmara (PSB-PE), Renato Casagrande (PSB-ES), e  Antonio Denarium (PSL-RO), que contraíram em maio.

 

Em pauta 1

O ex-senador Valadares e o ex-deputado federal Valadares Filho participaram, na manhã de ontem, por vídeo conferência, de uma reunião com aliados do PSB em Simão Dias: o pré-candidato a prefeito Cristiano Viana e o vereador Pequeno. Na pauta, o crescimento da pandemia do coronavírus no município.

 

Em pauta 2

“Discutimos sobre a estrutura precária de atendimento hospitalar no município de Simão Dias em quantidade de leitos emergenciais e de respiradores. Por fim, expressamos a nossa opinião no sentido de que todos os protocolos recomendados pela OMS (Organização Mundial de Saúde) devem ser estritamente observados no distanciamento social, como o uso de máscaras ao sair às ruas, lavar as mãos com frequência com água e sabão e usar o álcool em gel, consideradas pela ciência médica como medidas cautelares de proteção da comunidade”, afirmou o senador.

 

Os nomes do PSD 1

O PSD tem quatro nomes para indicar como pré-candidato a vice do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), que vai para a reeleição: a delegada Katarina Feitosa; o ex-secretário municipal de Governo, Jorginho Araújo; o ex-deputado estadual Robson Viana; e o presidente da Câmara, vereador Nitinho Vitale.

 

Os nomes do PSD 2

Os com mais chance de ser o candidato a vice-prefeito são Katarina, por ser uma delegada que pode fazer frente a pré-candidata a prefeita Danielle Garcia (Cidadania), e Jorginho Araújo pela juventude e a relação de confiança com o prefeito Edvaldo e o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD). Nitinho Vitale não tem a pretensão de disputar mandato de vice, mas de concorrer a reeleição. E Robson Viana corre por fora.

 

Itabaiana

Eduardo Amorim, que chegou a ter a pretensão de disputar a Prefeitura de Itabaiana este ano, com o apoio do prefeito Valmir de Francisquinho, afirma que faz política de grupo e que o escolhido pelo prefeito contará com seu apoio. “Inclusive, eu recomendei que Valmir preparasse mais um nome para a disputa eleitoral. Ele vem preparando Adailton Sousa, que se for o confirmado, terá o meu apoio. Adailton tem plena capacidade de dar continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido e que tem levado Itabaiana a outro patamar de desenvolvimento”, afirma.

São Cristovão

A ex-vereadora de São Cristóvão, Gedalva Umbaubá (PSC), garante que é pré-candidata a prefeita e que não passam de “boatos maldosos e descabidos” dos seus adversários políticos de que não disputará mandato majoritário. Diz que o seu projeto político está mais do que solidificado e tem o apoio, por enquanto, de três partidos políticos fortes e um exército de 78 pré-candidatos e candidatas a vereador.

 

Contra Bolsonaro 1

Esse domingo (7) será mais um de manifestação pelo país, apesar da pandemia do novo coronavírus.  Em várias capitais grupos estão se mobilizando para ir às ruas em defesa da democracia e contra o facismo, que acreditam ter sido implantado pelo governo Bolsonaro.

 

Contra Bolsonaro 2

Em Brasília, desta vez são membros de torcidas organizadas, sindicatos, movimento negro e partidos de esquerda que vão promover amanhã o ato “Unidos pela democracia contra o Racismo e o Fascismo”.  Já em São Paulo, depois do último domingo de confronto na avenida Paulista, com enfrentamento de grupos a favor e contra o governo Bolsonaro, o novo ato vem sendo convocado por manifestantes que erguem bandeira pela democracia e contra o fascismo: o “Mais Democracia”. Em Aracaju não deve ocorrer nenhum ato por conta de decisão judicial proibindo aglomerações por conta da pandemia.

 

Bom senso  1

Líderes de diferentes partidos emitiram uma nota desencorajando que a população vá às ruas neste domingo, em meio à pandemia de covid-19. O grupo considera legitima a manifestação contra o presidente Jair Bolsonaro, mas acredita não ser o momento para realizar atos de rua, já que o Brasil enfrenta números crescentes de infecção e morte por covid-19. Bolsonaro também pediu a seus apoiadores que não compareçam às ruas amanhã.

 

Bom senso 2

Do senador Alessandro Vieira (Cidadania): “Não faz sentido criticar manifestações ou aglomerações pró-Bolsonaro e aplaudir as que são contra. O momento, ainda na curva crescente da Covid, desaconselha qualquer reunião de massa. Também é incoerente condenar falas violentas e ignorar ações violentas. Ambas merecem repúdio”.

 

Veja essa…

Na contra mão do combate ao coronavírus o presidente Bolsonaro firmou que a Advocacia Geral da União (AGU) vai emitir um parecer favorável ao retorno das pessoas às praias, cujo acesso está fechado por causa da pandemia. Segundo ele, quem for pego desobedecendo decretos estaduais e municipais por frequentar as praias poderá utilizar este documento para se defender. “Se você for multado nos próximos dias por ir para a praia, você já sabe que poderá alegar que o governo federal deu parecer favorável, mas aí vai depender do juiz”, disse. Lamentável esse incentivo de desobediência as medidas de isolamento social, no momento em que o país registra 645.771 casos de covid-19 e 34.021 óbitos.

 

CURTAS

 Pela legislação eleitoral terminou na quinta-feira, 4, o prazo para os cidadãos que pretendem concorrer aos cargos de prefeito e vice-prefeito nas eleições deste ano se desincompatibilizarem de cargos públicos. O período corresponde a quatro meses antes do pleito, que este ano está fixado em 4 de outubro.

 

Entre os que se desincompatibilizou Kaká Andrade, que era diretor-presidente do Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS).  Ele é pré-candidato a prefeito de Canindé do São Francisco.

Servidores públicos em geral, estatutários ou não, tem até três meses antes da Eleição para se compatibilizar de seus respectivos cargos. Profissionais da área de comunicação que pretendam se candidatar, devem se afastar de suas funções a partir do registro de candidatura, todavia, não poderão apresentar ou comentar programas de rádio e TV a partir de 30 de junho.

 

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou a possibilidade de os partidos políticos realizarem convenções partidárias por meio virtual para a escolha dos candidatos que disputarão as Eleições 2020. As convenções partidárias deverão ser realizadas entre o dia 20 de julho e 5 de agosto, conforme prevê o Calendário Eleitoral.

 

O presidente norte-americano, Donald Trump, comparou as estratégias para o enfrentamento da pandemia de covid-19 tomadas pelo Brasil e os Estados Unidos. Trump diz que se tivesse seguido o Brasil – que segue modelo similar ao adotado pela Suécia, que enfrenta dificuldades durante a pandemia – teria 2,5 milhões de mortes por covid-19.

 

 

 

Acontece neste sábado reunião on-line do Diretório Municipal do PT, que irá homologar o nome do ex-deputado federal Márcio Macedo como pré-candidato do partido a prefeito de Aracaju.  O evento terá as presenças virtuais da presidente nacional da legenda, Gleis  Hoffmann, e do ex-presidenciável Fernando Haddad.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *