Prefeitura de Boquim envia Projetos de Lei garantindo o reajuste do Piso do Magistério e revisão salarial dos servidores

A Prefeitura de Boquim enviou para a Câmara de Vereadores os Projetos de Lei sobre o reajuste do Piso Salarial do Magistério e o que concede revisão anual aos servidores efetivos do município. Mesmo com as dificuldades que os municípios enfrentam por conta do impacto da pandemia do novo Coronavírus na economia do país, o prefeito Eraldo de Andrade mantém o compromisso e a valorização dos servidores municipais e profissionais do magistério.

Desde 2017, a Administração Municipal concede o Piso do Magistério, obedecendo a Lei Federal 11.738/2008, e garante a revisão salarial aos servidores, inclusive com ganhos reais. Durante as reuniões realizadas na última, terça-feira, 26, em um primeiro momento com profissionais do magistério e em outro com representantes dos servidores municipais, o prefeito destacou que o momento é complicado para as finanças públicas, mas que todos os esforços estão sendo feitos para cumprir com os reajustes.

“O impacto financeiro e orçamentário com a concessão dos reajustes trará maior compreendimento das finanças municipais, é um momento difícil para se discutir qualquer revisão salarial em função do cenário incerto da economia nacional. Mas para manter o fortalecimento dos nossos professores e para não defasar ainda mais o plano de carreira do servidor, nós faremos uma reorganização administrativa e enviamos os projetos para a Câmara”, destacou o prefeito Eraldo de Andrade.

O Projeto de Lei de reajuste do Piso Salarial do Magistério prevê o reajuste em 12,84%. Já o Projeto que concede revisão anual aos servidores efetivos no Município prevê revisão de 4,71% nos vencimentos. Ambos propõem pagamento gradativo a partir de setembro/2020.

POR ASCOM/PMB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *