Prefeito Edvaldo apresenta ações de Aracaju no enfrentamento ao coronavírus em evento virtual do BID

O prefeito Edvaldo Nogueira participou, na manhã desta terça-feira, 26, de um evento virtual do Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID) sobre o coronavírus. Com o tema “Sociedade civil enfrenta a covid-19: iniciativas para reduzir o impacto da pandemia nos municípios”, Edvaldo apresentou as ações da Prefeitura de Aracaju desde o início da pandemia, com destaque para as medidas de isolamento social, de assistência a pessoas em vulnerabilidade social e de estruturação da rede hospitalar de saúde.

Em sua explanação, Edvaldo relatou que, já no início de março, antes mesmo da chegada da doença na cidade, a gestão elaborou um Plano de Contingência, para, a partir dele, tomar medidas efetivas de combate à doença. Com o primeiro caso confirmado em Aracaju, destacou o prefeito, a administração se antecipou à propagação do vírus, criou um Comitê de Operações Emergenciais (COE) e decretou o fechamento do comércio, das escolas, dos shoppings centers e demais serviços não-essenciais, além de proibir aglomerações.

Ele abordou o trabalho no campo da saúde, como a instalação do Hospital de Campanha, com 152 leitos de baixa e média complexidade; o ‘MonitorAju’ e o serviço de atendimento psicológico gratuito. Também ressaltou a importância do sistema ‘Corona Cidades’, iniciativa do Instituto Arapyaú, que permite o planejamento das medidas, o mapeamento do vírus na capital e a definição de protocolos de testagem. Edvaldo citou ainda as ações de cunho social, como a distribuição mensal de 32 mil kits da alimentação escolar (para famílias dos alunos da rede municipal de educação) e de cestas básicas (para pessoas em condição vulnerável) e o abrigamento de famílias de baixa renda em hotéis.

“Nossa preocupação desde o primeiro momento foi se antecipar ao coronavírus. Por isso, elaboramos um Plano de Contingência e partimos para a adoção de medidas preventivas e de estruturação da rede de saúde, o que foi fundamental para achatar a curva e reduzir a velocidade da propagação da doença. Ao mesmo tempo, com a parceria do Instituto Arapyaú, no uso das ferramentas do ‘Corona Cidades’, temos elaborado novas estratégias e mapeado a chegada do vírus nos bairros”, afirmou o prefeito.

O gerente do programa Cidades e Territórios do Instituto Arapyaú, Marcelo Cabral, em sua apresentação da plataforma “Corona Cidades”, de apoio às gestões públicas, destacou a atuação de Edvaldo Nogueira. “É um grande parceiro do Instituto e tem assumido a liderança como gestor público na questão do coronavírus. É um exemplo para o país”, disse. Da mesma forma, a moderadora do evento, Catherine Moura, especialista em Saúde do BID, elogiou as medidas adotadas pela Prefeitura de Aracaju. “É muito bom poder compartilhar experiências exitosas que estão ajudando o combate da covid-19”, frisou. Segundo ela, “o desafio maior hoje está justamente na mão dos municípios no enfrentamento ao corona”.

A apresentação do evento virtual foi feita por Morgan Doyle, representante do BID no Brasil. Também participaram Mariana Almeida, superintendente da Fundação Tide Setubal, e Pedro Berto, idealizador do projeto ‘Favela Sem Corona’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *